Presidente italiano diz que continuará no cargo até o fim

Depois de um jornal publicar que Giorgio Napolitano poderia renunciar, líder veio a público hoje para confirmar que fica até fim do mandato, em maio

Roma – O presidente italiano, Giorgio Napolitano, disse neste sábado que vai continuar no cargo até o término de seu mandato em 15 de maio, descartando a renúncia imediata que permitiria nova eleição o mais rapidamente possível.

Napolitano disse aos jornalistas que o fracasso dos partidos políticos para chegar a um acordo para formar um governo após uma eleição inconclusiva, no mês passado, mostrou que suas opções eram limitadas.

Mas ele acrescentou: “Até o último dia, pelo menos, eu posso ajudar a criar as condições mais favoráveis ​​para o propósito de destravar uma situação política que terminou com posições irreconciliáveis”.

A afirmação foi feita após um jornal italiano reportar que Napolitano estava considerando a renúncia.