Chávez continua “atento” à Venezuela, diz vice interino

Héctor Navarro ocupará a vice-presidência por dois dias

Caracas – O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que faz tratamento médico em Cuba, nomeou um vice-presidente interino enquanto Nicolás Maduro o representa no Peru em uma cúpula de líderes sul-americanos, enviando um sinal de que continua no comando do país.

Mediante um decreto de 28 de novembro que circulou na Gazeta Oficial desta sexta-feira, o mandatário, que se declarou curado do câncer há quatro meses, nomeou seu ministro de Energia Elétrica, Héctor Navarro, como encarregado da vice-presidência por dois dias, sexta-feira e sábado.

Navarro declarou nesta tarde que conversou com Chávez e comentou que o notou “muito bem e muito animado.” “Está atento a tudo o que está acontecendo o país”, enfatizou.

Chávez, que não é visto publicamente desde 15 de novembro, chegou a Havana na madrugada de quarta-feira, segundo a imprensa oficial cubana.

O vice-presidente Maduro se ausentou do país para participar de uma reunião ordinária na capital peruana da União de Nações Sul-americanas (Unasul), uma instância da qual Chávez foi grande entusiasta.

Navarro declarou em entrevista a uma rádio que sua designação como vice-presidente interino “não tem nenhuma complicação, nem interpretação diferente do que se está falando… É um recurso totalmente constitucional.” Maduro, também chanceler, retoma suas funções ao voltar ao país.