Presidente do Sudão remodela Governo do país

Em crise, Governo implementa remodelação que abre espaços para jovens

Cartum, 8 dez (EFE).- O presidente sudanês, Omar Hassan al Bashir, designou neste domingo dois novos vice-presidentes no marco de uma remodelação do Governo que abre passagem a dirigentes mais jovens e tenta enfrentar a crise política que o país atravessa.

Em entrevista coletiva, a executiva do governante Partido da Conferência Nacional aceitou a proposta de gabinete do líder, que inclui como primeiro vice-presidente Bakri Hassan Saleh, e como segundo Hasabu Mohammed Abdel-Rahman.

Em entrevista coletiva, o vice-presidente do partido, Nafea Ali Nafea, explicou que o objetivo é que entrem no Executivo ‘elementos mais jovens para abordar os desafios internos e externos do país’.

Os novos integrantes do gabinete pertencem ao PCN, depois que a oposição se negou a participar do Executivo se este não fosse de transição e incluísse todas as forças políticas.

Duas novas mulheres entram no gabinete, Tahani Abdullah na Comunicação, e Somaya Abu Tachaua, para ocupar o Ministério da Educação Superior.

Há cinco dias, Bashir já tinha anunciado que ia remodelar seu Governo, no meio de uma cada vez maior pressão da oposição e social a favor de uma mudança política.

A remodelação do gabinete acontece depois que em outubro Bashir enfrentou grandes protestos, que explodiram após as autoridades suprimirem os subsídios aos combustíveis. EFE