Presidente do Comitê Olímpico Japonês é acusado de corrupção na França

Tsunekazu Takeda é suspeito de ter subornado membros africanos do Comitê Olímpico Internacional para que Tóquio sediasse as Olimpíadas de 2020

Paris- O presidente do Comitê Olímpico Japonês, Tsunekazu Takeda, é acusado na França de “corrupção ativa”, suspeito de ter subornado membros africanos do Comitê Olímpico Internacional (COI) para que Tóquio conseguisse ser a cidade escolhida para sediar os Jogos Olímpicos de 2020, confirmaram à Agência Efe, fontes judiciais.

Takeda, considerado um dos principais responsáveis pela vitória em 2013 da capital japonesa sobre Madri e Istambul, foi interrogado no mês passado por um juiz francês que há três anos investiga supostas irregularidades, acrescentaram as fontes. EFE