Prédio que pegou fogo em Londres tem estabilidade controlada

Os bombeiros continuam procurando possíveis vítimas no interior do bloco, que foi considerado "seguro" para os trabalhos de resgate

Londres – Um engenheiro em estruturas controla “a estabilidade” do bloco de apartamentos incendiado no oeste de Londres, que “ainda é considerado seguro”, para que os bombeiros prossigam com seus trabalhos de resgate no interior do prédio, informou hoje a responsável do Serviço de Bombeiros, Dany Cotton.

Em pronunciamento à imprensa, Cotton declarou que o incêndio desta noite no bloco de 27 andares, é “grave e complexo”, e explicou que as causas “ainda estão sendo investigadas”, em colaboração com vários especialistas.

Um porta-voz do serviço de ambulâncias, Paul Woodrow, confirmou que pelo menos 50 pessoas foram levadas a vários hospitais de Londres, enquanto que anteriormente tinha sido informado que também há vários mortos.

Cotton disse que se trata de uma situação que “evolui rapidamente”, falando que há atualmente cerca de 200 bombeiros e 40 caminhões tentando sufocar o fogo, que começou a 0h15 horário local e queimou metade do edifício, que continua envolvido em uma espessa fumaça.

Os bombeiros continuam procurando possíveis vítimas no interior do bloco, que inclui moradias de proteção oficial gerenciadas pela Câmara municipal de Kensington e Chelsea – que recebem pessoas de poucos recursos econômicos.