Posse de maconha não é mais crime em Washington

Capital americana pôs fim à punição por posse de pequenas quantidades de maconha

Washington – A capital americana pôs fim oficialmente nesta quinta-feira à punição por posse de pequenas quantidades de maconha, o que coloca as leis de Washington entre as mais progressistas do país.

Desde hoje os moradores da capital que forem surpreendidos com menos de 28 gramas da substância terão que pagar multa de US$ 25 por uma violação de caráter cívico equiparável a tirar o lixo de forma indevida.

Mesmo assim, continua sendo um crime potencialmente punível com penas de prisão a venda da droga e o consumo em público, assim como dirigir um automóvel ou embarcação sob os efeitos da maconha.

Quem for detido pelo consumo da substância em público pode enfrentar até 60 dias de prisão e multa de US$ 500.

A lei que acaba de entrar em vigor procura reduzir as disparidades raciais nas prisões por posse e consumo do narcótico.

E é que, apesar das pesquisas mostrarem que o consumo é semelhante entre brancos e negros, as detenções e os flagrantes são maiores entre o segundo grupo.

Antes da aprovação da nova lei, a posse de menos de 28 gramas de maconha podia ser punia com até seis meses de prisão e multa de US$ 1 mil.

A capital americana abriu em maio a primeira farmácia de maconha medicinal, a apenas um quilômetro do Congresso americano.