Poroshenko se mantém otimista em relação a cessar-fogo

O presidente da Ucrânia disse que se mantém otimista quanto a aplicação de acordo para trégua com grupos rebeldes

Lviv – O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, afirmou nesta sexta-feira que se mantém “otimista” a respeito da aplicação do acordo fechado com os grupos rebeldes pró-Rússia para a cessação das hostilidades no leste do país, apesar de suas repetidas e várias violações dos últimos dias.

Assegurou que ainda acredita em que os principais pontos desse acordo sejam implementados. Ele foi assinado no dia 5 de setembro, e prevê que a Ucrânia também deva recuperar o controle total de sua fronteira com a Rússia.

“A demanda mais urgente para a Ucrânia tem a ver com a fronteira. Sem a verificação e vigilância da fronteira entre Rússia e Ucrânia, pelos agentes de controle ucranianos, pelos russos do lado da Rússia e pelos inspetores da OSCE, é impossível ter um processo de paz sustentável”, disse Poroshenko em entrevista coletiva.