População dos EUA cresce em 2,3 mi e mundial chega a 7,44 bi

Segundo estes cálculos, os EUA terminarão o ano com uma população de 326.971.407 de habitantes, ou seja, 0,71% a mais que desde o Ano Novo de 2017

Washington, 28 dez (EFE).- Ao término do ano, a população dos Estados Unidos terá aumentado em 2,3 milhões de pessoas em 2017, e a mundial em 78,5 milhões, para somar mais de 7,44 bilhões de pessoas no mundo todo, segundo projeções publicadas nesta quinta-feira pelo Escritório do Censo americano.

Segundo estes cálculos, os EUA terminarão o ano com uma população de 326.971.407 de habitantes, ou seja, 0,71% (2.314.238 pessoas) a mais que desde o Ano Novo de 2017, o que coloca o país como o terceiro mais populoso do planeta, atrás de China e Índia.

Além disso, para janeiro de 2018, espera-se que os EUA registrem um nascimento a cada oito segundos e uma morte a cada dez segundos, e calcula-se que a imigração internacional líquida acrescentará uma pessoa à população do país cada 29 segundos.

Desse modo, o Escritório do Censo acredita que a combinação de nascimentos, mortes e imigração internacional líquida aumentará a população dos EUA em uma pessoa a cada 18 segundos.

Por sua vez, a população mundial projetada para 1º de janeiro de 2018 é de 7.444.443.881 pessoas, após ter aumentado em 78.521.283 habitantes (1,07%) desde o Ano Novo de 2017.

Para 1º de janeiro, além disso, espera-se que no mundo aconteçam 4,3 nascimentos e 1,8 morte a cada segundo.

Os países com maior população continuam sendo China, com 1,38 bilhões de pessoas; Índia, com 1,29 bilhões; EUA, com 326,9 milhões; Indonésia, com 262,7 milhões; Brasil, com 208,8 milhões; e Paquistão, com 207,8 milhões, segundo as projeções do Censo americano.

Em seguida, já com menos de 200 milhões de habitantes, aparecem Nigéria (195,3 milhões), Bangladesh (159,4 milhões), Rússia (142,1 milhões) e Japão (126,1 milhões). EFE