Polícia turca detém 30 supostos membros do Estado Islâmico

Equipes antiterroristas da direção de Segurança de Konya realizaram operações simultâneas contra imóveis de supostos militantes do EI

Ancara – Uma operação policial na província de Konya, em Anatolia Central, deteve nesta terça-feira 30 supostos jihadistas do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), informou a imprensa local.

Segundo a agência de notícias privada “Dogan”, equipes antiterroristas da direção de Segurança de Konya realizaram operações simultâneas contra imóveis de supostos militantes do EI, uma no centro da citada província e a outra na cidade de Cumra.

As autoridades turcas intensificaram suas operações contra o EI desde 10 de outubro, dia no qual 102 pessoas foram mortas no duplo atentado suicida contra um grande manifestação pela paz no centro de Ancara.

A polícia procura em todo o território turco quatro potenciais terroristas suicidas, cujas fotografias foram divulgadas pela imprensa.

Na província de Diyarbakir, no sudeste do país, ocorreu ontem, em uma operação similar à de hoje, um enfrentamento armado no qual morreram dois policiais e sete supostos militantes jihadistas, enquanto outros 12 foram detidos.