Polícia prende 400 manifestantes em Montreal

As autoridades consideraram o protesto ilegal, já que os manifestantes não informaram de antemão o percurso da passeata

Montreal – Quase 400 pessoas foram detidas na noite de quarta-feira em Montreal, Canadá, ao fim de uma manifestação declarada ilegal que teve a participação de milhares de ativistas.

A manifestação foi tolerada durante três horas, até o início de incidentes, segundo a polícia de Montreal.

As autoridades consideraram o protesto ilegal, já que os manifestantes não informaram de antemão o percurso da passeata.

Os manifestantes percorreram vários quilômetros até que a passeata foi bloqueada pela polícia para impedir o avanço por um bairro de vida noturna da cidade.

Neste momento, alguns manifestantes jogaram pedras e outros objetos contra os policiais, que iniciaram as detenções.

Há mais de três meses, os estudantes da província de Quebec protestam contra o aumento da matrícula universitária anunciada pelo governo liberal de Jean Charest.