Polícia identifica um dos terroristas que atacaram Paris

Ismael Omar Mostefai, de 29 anos e nacionalidade francesa, tinha registros de prisões anteriores e tinha sido condenado oito vezes por pequenos crimes

Paris- A polícia francesa identificou um dos agressores que participou dos ataques coordenados em Paris como Ismael Omar Mostefai, de 29 anos e nacionalidade francesa, e sete de seus parentes estão sendo interrogados, afirmaram fontes e a mídia francesa neste domingo Autoridades tinham um dossiê sobre Mostefai que o marcou como um potencial militante islâmico.

Ele também tinha registros de prisões anteriores e tinha sido condenado oito vezes por pequenos crimes, segundo o jornal francês Le Monde. Mostefai foi um dos homens-bomba que se explodiu em uma sala de concertos Paris, onde aconteceu a maioria das 129 mortes na sexta-feira.

Seu pai, um irmão e outras cinco pessoas estão detidas para interrogatório, informaram vários meios de comunicação franceses neste domingo, enquanto segue a busca por outros envolvidos nos ataques.

O noticiário também trazia que buscas estavam sendo conduzidas nas casas dos familiares na região nordeste do Aube e em Essonne, ao sul de Paris.

O pai de Mostefai nasceu em Courcouronnes, um subúrbio a sul de Paris e viveu em Chartres, a sudoeste da capital. Ele é suspeito de ter ficado na Síria entre 2013 e 2014, reportou o Le Monde.

Uma fonte próxima à investigação também confirmou relatos da imprensa de que um veículo, um Seat preto, usado nos ataques foi encontrado com algumas armas a bordo em Montreuil, um subúrbio no leste de Paris. O promotor parisiense Francois Molins promotor disse no sábado que o veículo tinha sido usado nos ataques.