Polícia encontra iate com 200 kg de cocaína e cadáver

O valor de revenda da droga apreendida foi estimado em 240 milhões de reais

Sydney – Um corpo em decomposição e mais de 200 quilos de cocaína foram encontrados em um iate que partiu do Equador e naufragou perto de uma ilha do arquipélago de Tonga, no Pacífico Sul, anunciou nesta sexta-feira a policia australiana.

O iate de 13 metros de comprimento chamado “JeReVe” estava sendo vigiado por agências internacionais de polícia desde que deixou a América do Sul, há várias semanas. O rastro tinha sido perdido em outubro.

No início de novembro, dois mergulhadores subiram a bordo de um barco que naufragou perto de uma das ilhas de Vava’u, no arquipélago de Tonga, encontrando o cadáver de um homem, aparentemente branco, e alertando em seguida a policia.

“A bordo do barco havia também 204 pacotes de um quilo de cocaína destinados ao mercado australiano”, declarou nesta sexta-feira David Sharpe, diretor do departamento de crime organizado da polícia australiana.

O valor de revenda da droga apreendida foi estimado em 116 milhões de dólares australianos (240 milhões de reais). Participaram da investigação as policias de vários países como Australia, Tonga, as Ilhas Cook e a agência americana de combate ao narcotráfico (DEA).

A Austrália, que contribuiu com serviços da policia científica na identificação do cadáver e com a investigação juducial em Tonga, classificou por enquanto a morte como “inexplicada”.

Em agosto, as autoridades americanas avisaram aos colegas australianos sobre a entrada de um barco repleto de drogas em águas australianas.

As policias australiana e americana cooperam para desmantelar redes do narcotráfico que passam pelo Pacífico Sul.