Polícia britânica suspeita que russos envenenaram ex-agente duplo

Skripal, que traiu agentes russos a favor da inteligência britânica, e sua filha foram encontrados inconscientes em um banco do lado de fora de um shopping

Washington/Londres – A principal linha de investigação do Reino Unido é que a Rússia usou uma substância misteriosa para envenenar o ex-agente duplo russo Sergei Skripal, disseram duas fontes de segurança.

Skripal, que traiu dezenas de agentes russos a favor da inteligência britânica, e sua filha de 33 anos, Yulia, foram encontrados inconscientes em um banco do lado de fora de um shopping na cidade britânica de Salisbury, na tarde de domingo.

Investigadores britânicos acreditam que russos podem ter usado uma substância misteriosa para ferir Skripal como vingança por sua traição, disse uma fonte de segurança norte-americana que falou sob condição de anonimato.

Uma fonte de segurança europeia, que também pediu para não ser identificada, confirmou que essa é a principal linha da investigação.

As fontes não deram detalhes sobre a substância utilizada.