Polícia encontra cocaína em 11% das notas de dinheiro no Reino Unido

Especialistas dizem que os números, publicados pelo jornal britânico <i>The Guardian</i> reforçam tese de que consumo da droga no Reino Unido é o maior da Europa

São Paulo – Uma pesquisa feita por um órgão da prefeitura de Londres constatou que há traços de cocaína em 11% de todas as notas de dinheiro que circulam no Reino Unido. A informação foi divulgada pelo jornal britânico The Guardian.

A pesquisa foi feita com base em testes realizados por 15 forças policiais em cédulas de libra. Segundo o trabalho, produzido pelo Conselho Consultivo para o Uso Indevido de Drogas (ACMD, na sigla em inglês), em 2005 esta quantidade era de 4%.

De acordo com o Guardian, os resultados reforçam uma ideia já comprovada em outras pesquisas, de que o nível do consumo de cocaína no país é o mais elevado da Europa, e acima do observado em países como Estados Unidos e Austrália.

Em geral, o usuário de cocaína no Reino Unido é homem, tem entre 18 e 45 anos e participa ativamente da “economia noturna” dos bares e pubs, segundo a polícia londrina. Os especialistas britânicos afirmam que há uma relação direta entre o consumo de álcool e o uso de drogas