Polícia antiterrorismo investiga ataque com faca que feriu 5 em Manchester

Homem de aproximadamente 40 anos foi detido como suposto autor do ataque e está sendo acusado por "agressão grave", informou a polícia de Grande Manchester.

Londres — A polícia antiterrorismo britânica assumiu a investigação de um ataque com faca cometido nesta sexta-feira em um shopping em Manchester, no noroeste da Inglaterra, no qual cinco pessoas ficaram feridas.

Um homem de aproximadamente 40 anos foi detido como suposto autor do ataque e está sendo acusado por “agressão grave”, informou a polícia de Grande Manchester.

Em comunicado, a corporação local anunciou que a polícia anti-terrorismo do noroeste da Inglaterra assumirá o comando da investigação, embora se mantenha com “a mente aberta” sobre as possíveis “motivações” do agressor.

Veja também

As autoridades confirmaram que cinco pessoas foram hospitalizadas com feridas de diversas gravidades após serem esfaqueados pelo suspeito no shopping Arndale Centre.

A polícia evacuou o estabelecimento e isolou algumas ruas próximas ao local. O ataque gerou grande preocupação na cidade de Manchester, que foi alvo de um atentado terrorista em 22 de maio de 2017.

Na ocasião, um terrorista suicida detonou uma bomba na Manchester Arena – a 20 minutos a pé do shopping – no fim de um show da cantora americana Ariana Grande, provocando a morte de 22 pessoas, entre elas várias crianças.