PMDB nega candidatura própria em 2014

Sérgio Cabral tem insistido que não pretende disputar a sucessão de Dilma Rousseff, de quem é aliado

São Paulo – Em meio à crise na base do governo, o presidente em exercício do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), voltou a defender hoje que o partido tenha candidatura própria em 2014. Ele havia lançado a mesma tese na véspera, em São Paulo. Raupp citou o governador Sérgio Cabral como um nome forte para a disputa presidencial. Cabral tem insistido que não pretende disputar a sucessão de Dilma Rousseff, de quem é aliado.

O senador disse que “Cabral precisa viajar mais pelo Brasil”. Raupp esteve no Rio para lançar um programa de cursos gratuitos para militantes, voltados para as eleições municipais de 2012. “Quando o Sérgio Cabral era senador e se elegeu governador eu disse a ele: `se você conseguir resolver o problema da violência no Rio de Janeiro, será presidente da República’. E ele está resolvendo”, afirmou Raupp.