Piratas do Togo liberam petroleiro grego

Os piratas não pediram resgate e a companhia acha que foram levados cerca de 3.000 toneladas de gasóleo.

Atenas – Os piratas que sequestraram no litoral do Togo um petroleiro grego com uma tripulação de 24 russos liberaram a embarcação, após roubarem parte do gasóleo que era transportado, informou um porta-voz da empresa proprietária do navio.

Os piratas não pediram resgate e a companhia acha que foram levados cerca de 3.000 toneladas de gasóleo.

O navio foi sequestrado na terça-feira, no segundo incidente desse tipo ocorrido em menos de duas semanas no Golfo da Guiné, segundo o Birô Marítimo Internacional (BMI).