Pilotos sauditas que atacaram jihadistas são ameaçados

Pilotos sauditas que participaram dos ataques contra jihadistas do Estado Islâmico na Síria foram ameaçados de morte

Riad – Os pilotos sauditas que participaram dos ataques contra jihadistas do Estado Islâmico na Síria foram ameaçados de morte nas redes sociais depois da publicação de suas fotos pela imprensa.

Entre os pilotos ameaçados, figura o príncipe Khaled bin Salman, filho do príncipe herdeiro saudita, e outro membro da família real, o príncipe Talal ben Abdel Azizi ben Bandar, indicou o jornal Al Madinah.

Algumas mensagens, com as fotos e os nomes dos pilotos, circulam no Twitter com a menção “procurados pelo EI”.

Outras mensagens afirmam que, mais cedo ou mais tarde, eles serão degolados.