Petrobras e Grupo PSA se unem para incentivar mobilidade sustentável

As equipes das empresas trabalharão para criar modelo matemático de cálculo do fenômeno da combustão tendo como base as propriedades físico-químicas dos combustíveis

São Paulo – A PSA Peugeot Citroën e a Petrobras assinaram hoje um memorando de parceria para o desenvolvimento de projetos no campo de combustíveis, combustão em motores e redução de emissões de CO2. A parceria visa unir a experiência da Petrobras no desenvolvimento de combustíveis à da PSA Peugeot Citroën em motores a combustão para o estudo em conjunto de novas tecnologias nestes domínios.

As equipes das empresas também trabalharão, por exemplo, para criar um modelo matemático de cálculo do fenômeno da combustão tendo como base as propriedades físico-químicas dos combustíveis brasileiros.

Um dos objetivos é desenvolver combustíveis e motores capazes de atender às demandas de uma mobilidade sustentável, sendo mais eficientes e, como resultado principal, com menor emissão de poluentes.

Com a entrada de novas tecnologias automotivas no país, em especial o uso de injeção direta de gasolina, e sendo o combustível nacional único no mundo pelo elevado teor de etanol adicionado à gasolina, a Petrobras considera muito importante estudar o desempenho de seus produtos.

Com a obrigatoriedade da aditivação de toda a gasolina nacional em 2014, junto com a redução de enxofre para 50 ppm, a parceria acontece em momento oportuno para estudos desse novo cenário no país.

Os estudos e as evoluções tecnológicas relacionadas aos combustíveis, principalmente os biocombustíveis, têm feito a equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da PSA no Brasil se destacar internacionalmente dentro da empresa. Atualmente, este é um domínio no qual engenheiros e técnicos – que trabalham no Latin America Tech Center (o Centro de Desenvolvimento, Pesquisa e Estilo da PSA Peugeot Citroën), são uma referência mundial no Grupo PSA, e a parceria com grandes empresas e instituições de ensino do país, apoiada pela Universidade PSA, contribui ainda mais para ampliar o conhecimento destas equipes.

“Tenho certeza de que o trabalho em conjunto de nossas equipes terá resultados muito significativos, beneficiando no futuro os consumidores brasileiros com combustíveis e motores mais modernos e eficientes”, afirma François Sigot, Diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Estilo América Latina da PSA Peugeot Citroën.