Petrobras confirma potencial de 1,2 bi de boe em bloco

Segundo a empresa, perfuração no poço 1-REPF-12D-RJS, conhecido como "Pão de Açúcar", apontou para "uma estimativa de volumes recuperáveis acima de 700 milhões de barris"

São Paulo – A Petrobras informou nesta quinta-feira que a descoberta de nova acumulação de hidrocarbonetos em poço na bacia de Campos indica volumes recuperáveis de cerca de 1,2 bilhão de barris de óleo equivalente, confirmando anúncio feito mais cedo pelo operador do bloco, a espanhola Repsol.

Segundo a Petrobras, perfuração no poço 1-REPF-12D-RJS, conhecido como “Pão de Açúcar”, apontou para “uma estimativa de volumes recuperáveis acima de 700 milhões de barris de óleo de boa qualidade e 3 trilhões de pés cúbicos (545 milhões de barris de óleo equivalente) de gás na concessão BM-C-33”.

O poço está entre os municípios de Campos e Macaé, a 195 quilômetros da costa do Estado do Rio de Janeiro, e foi perfurado a uma profundidade lâmina d’água de cerca de 2.800 metros. A coluna total de hidrocarboneto identificada tem cerca de 500 metros de espessura, segundo a estatal.

Mais cedo, a Repsol e a Statoil anunciaram o potencial do bloco . A petrolífera espanhola afirmou que trata-se de “uma das maiores reservas do mundo em 2012”.

A concessão é operada pela Repsol Sinopec Brasil, que tem 35 por cento de participação em consórcio que inclui a Statoil (35 por cento) e a Petrobras (30 por cento.).

“O consórcio está preparando um plano de avaliação para a apresentação à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)”, informou a Petrobras.