Pesquisas sobre eleições na Venezuela são conflitantes

Em algumas pesquisas, o atual presidente Hugo Chávez aparece com ampla vantagem sobre o candidato da oposição Henrique Caprilles; em outras é o contrário

Caracas – Faltando pouco mais de um mês para as eleições presidenciais na Venezuela, as pesquisas eleitorais, realizadas por diversas empresas do país, apontam resultados conflitantes.

Em algumas pesquisas, o atual presidente Hugo Chávez aparece com ampla vantagem sobre o candidato da oposição Henrique Caprilles. Já em outras enquetes, Caprilles aparece à frente de Chávez.

As pesquisas divulgadas ao longo dos últimos meses sempre deram ampla vantagem a Chávez, como as do Instituto Venezuelano de Análise de Dados (IVAD), na qual o atual presidente aparece com 50,8% de intenção de votos, contra 32,4% de seu opositor, assim como a pesquisa realizada pelo Datanálisis, que aponta Chávez com vantagem de 15,3%, além indicar a presença de 23,1% de indecisos.

No entanto, há semanas começaram a aparecer pesquisas como a dos Consultores 21, que não havia sido divulgada até então e que foi confirmada há poucos dias pela companhia, na qual Caprilles aparece com pequena vantagem, tendo 47,7% das intenções de voto, contra 45,9% de Chávez, além de 6,4% de indecisos.

Já a Predicmática aponta Caprilles na frente com 47,4%, contra 44% de Chávez, em pesquisa realizada em meados de agosto.

Cerca de 19 milhões de venezuelanos devem votar no próximo dia 7 de outubro para escolher o presidente que dirigirá o país no período de 2013-2019.

Os principais candidatos são o atual presidente Hugo Chávez, que tem 58 anos e concorre a sua terceira reeleição, e o ex-governador e advogado Henrique Caprilles, que tem 40 anos. Eles disputam ainda com cinco candidatos independentes que não apareceram nas pesquisas.