Pesquisa mostra rejeição de eleitores de NY a Hillary

Com 51% de rejeição entre os eleitores de NY e 46% de aprovação, é a primeira vez em que Hillary tem problemas com os eleitores do estado que representa

Nova York – Pela primeira vez mais da metade dos nova-iorquinos tem uma opinião desfavorável sobre Hillary Clinton, a pré-candidata democrata à Casa Branca e favorita à indicação do partido, mostrou uma pesquisa do Sienna College divulgada nesta segunda-feira.

Com 51% de rejeição entre os eleitores registrados pelo estado de Nova York e 46% de aprovação, “e a primeira vez em que Hillary Clinton tem problemas com os eleitores do estado que representa. Sua popularidade chegou a cair 21 pontos em dois meses”, explicou Steven Greenberg, responsável pela pesquisa.

Em uma pesquisa publicada pelo Sienna College em julho, a ex- secretária de Estado tinha o apoio de 56% dos eleitores e 40% de rejeição.

Apesar da queda de sua popularidade nos últimos dois meses, causada em grande parte pela polêmica em torno do uso de seu e-mail privado para as fgunções de secretária de Estado, Hillary continua a ser, ainda, a pré-candidata democrata com mais apoios entre os eleitores do estado de Nova York.

De acordo com a pesquisa, 45% apoiariam a ex-primeira-dama nas primárias do partido, 24% optaria pelo vice-presidente, Joseph Biden, e 23% pelo senador Bernie Sanders.

Além disso, Hillary continua a ser muito popular entre os democratas, com 70% de apoios, mas 87% dos republicanos e 65% dos independentes têm uma opinião desfavorável dela.

Entre os aspirantes republicanos, o empresário Donald Trump continua a liderar as preferências dos eleitores no estado de Nova York, com 34%.

Atrás dele estão o neurocirurgião Ben Carson, com 14%, e o ex-governador da Flórida, Jeb Bush, com 11%, segundo a mesma pesquisa.

Foram entrevistados por telefone 817 eleitores registrados no estado de Nova York entre os dias 14 e 17 de setembro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais.