Pesquisa aponta vitória de socialistas nas eleições europeias em Portugal

De acordo com a projeção, o líder da oposição, o Partido Social Democrata (PSD), de centro-direita, conseguirá de 20% a 24%

Lisboa – O Partido Socialista, que está no poder em Portugal, terá o maior número de votos no país nas eleições para o Parlamento Europeu, com entre 30% e 34%, segundo uma pesquisa de boca de urna divulgada pela rede de televisão pública “RTP” após o fechamento das urnas.

De acordo com a projeção, o líder da oposição, o Partido Social Democrata (PSD), de centro-direita, conseguirá de 20% a 24%. Portugal elege um total de 21 deputados para a Eurocâmara.

Ainda segundo a pesquisa, o marxista Bloco de Esquerda obterá de 9% a 12% dos votos. O CDU, coalizão que conta com o Partido Comunista Português e os Verdes, ficará na faixa de 7% a 9%, e o democrata-cristão CDS-PP, de 5% a 7%.

O Partido das Pessoas, dos Animais e da Natureza obterá, de acordo com a projeção, de 4% a 6%, o que lhe renderia, pela primeira vez, um assento no Parlamento Europeu.

As estimativas também apontam uma abstenção de 65% a 70%, que portanto pode superar os 66,2% do pleito de cinco anos atrás, estabelecendo um novo recorde para eleições em Portugal.

As projeções não incluem os votos dos eleitores que vivem no exterior, que nestas eleições aumentaram em mais de 1 milhão devido à implementação do censo automático.

O pleito para o Parlamento Europeu é encarado em Portugal como uma espécie de primeiro turno das eleições gerais do país, marcadas para outubro e nas quais o primeiro-ministro, o socialista António Costa, tentará se reeleger.