Pequenos sinais de avanço do plano de Annan para Síria

Os observadores da ONU que estão no país para supervisionar sua aplicação - uma equipe que conta com 50 pessoas - já provocaram um impacto

Genebra – Há pequenos sinais de que o plano de Kofi Annan, emissário especial da ONU e da Liga Árabe, para a Síria está avançando, afirmou o porta-voz do ex-secretário-geral das Nações Unidas, Ahmad Fawzi.

“O plano avança, mas a crise não será solucionada em um dia ou uma semana”, declarou Ahamd Fawzi.

“Há pequenos sinais, algumas armas pesadas foram retiradas, outras continuam (…) há sinais de movimentos no terreno, apesar de lentos e pequenos, e também há sinais que vocês não veem, porque esta mediação está acontecendo de forma discreta”, completou Fawzi.

Annan, destacou o porta-voz, vai informar o Conselho de Segurança da ONU sobre a aplicação do plano no dia 8 de maio, por videoconferência em Genebra.

“O plano de Annan avança, mas uma crise que começou há mais de um ano não será resolvida em um dia ou uma semana”, repetiu o Fawzi.

De forma geral, Fawzi informou que o plano e os observadores da ONU que estão no país para supervisionar sua aplicação – uma equipe que conta com 50 pessoas – já provocaram um impacto.

Mas ele lamentou a continuidade dos confrontos entre as forças do regime de Bashar al-Assad e a oposição, em um conflito que provocou mais de 11.000 mortes.