Peña Nieto vence eleições, segundo apuração oficial

O candidato à Presidência pelo PRI teve 38,21% dos votos

México – O candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI), Enrique Peña Nieto, venceu as eleições presidenciais mexicanas com 38,21% dos votos, segundo a apuração oficial das atas de todas as zonas eleitorais do país.

De acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Federal Eleitoral (IFE), o candidato da esquerda, Andrés Manuel López Obrador, ficou com 31,59%, seguido por Josefina Vázquez Mota, do Partido Ação Nacional (PAN), com 25,41%.

Em último lugar ficou Gabriel Quadri, do Partido Nova Aliança (Panal), com 2,29%, segundo a contagem iniciada nesta quarta-feira nos 300 distritos eleitorais do país. Os resultados ainda podem ser impugnados.

Os resultados oficiais incluem a contagem das 143.435 mesas eleitorais instaladas no domingo, incluídos os votos dos mexicanos no exterior.

O resultado do cômputo de 100% das atas eleitorais, que inicialmente seria anunciado na quinta-feira, atrasou até esta manhã diante da necessidade de recontagem dos votos de 54,5% das urnas por razões determinadas por leis eleitorais.

Estas razões ocorrem quando existe uma diferença igual ou menor a um ponto percentual entre o primeiro e segundo lugar ou quando ocorrem inconsistências nas atas de votação.

O PAN anunciou que respeitará os resultados das eleições, embora tenha denunciado irregularidades no processo. Já a esquerda confirmou sua intenção de impugnar as eleições em função de supostas fraudes.

O representante da esquerda no IFE, Camerino Márquez, explicou que a impugnação das eleições será pedida em 12 de julho, quando termina o prazo legal de quatro dias para sua apresentação após a notificação oficial do resultado das eleições.

*Matéria atualizada às 14h05