Pemex continua busca por trabalhadores desaparecidos

O incêndio na plataforma de Abkatun, no Golfo do México, teve início na quarta-feira e deixou quatro mortos

Cidade do México – As buscas pelos três funcionários desaparecidos durante o incêndio em uma das plataformas da estatal Petróleos Mexicanos na última semana continuam neste domingo, afirmou o diretor de exploração e produção da empresa, Gustavo Hernández. De acordo com ele, a companhia também já deu início aos trabalhos para restaurar a produção na unidade, que fica no golfo do México.

Hernández contou que a Pemex recebeu a ajuda da Marinha na operação de busca e resgate, e espera restaurar 80% da operação da plataforma na próxima semana. A capacidade de extração e refinamento da unidade, calculada em 646 mil barris de petróleo e 1,4 bilhões de pés cúbicos de gás por dia, não será afetada, garantiu o executivo.

De acordo com ele, o impacto do incidente sobre a produção e as exportações da empresa no curto prazo será mínimo. Todas as unidades do complexo já começaram a recompor suas operações e a companhia espera ter sua produção completamente restaurada até o fim de junho.

O incêndio na plataforma de Abkatun, no Golfo do México, teve início na quarta-feira e deixou quatro mortos. Cerca de 301 trabalhadores foram retirados do local e 45 precisaram de atendimento médico. Não houve nenhum derramamento de óleo significante causado pelo acidente porque as tubulações de alimentação foram fechadas rapidamente. A Pemex ainda investiga o que causou a explosão.

Segundo Hernández, a estatal fez todas as verificações de segurança necessárias para o complexo nos últimos anos, inclusive em 2014, e não foi encontrada nenhuma falha no sistema. Ele destacou que a reação rápida ao incidente mostra que os processos de segurança da empresa funcionaram. Fontes: Associated Press e Dow Jones Newswires.