Pelo menos 43 mortos em atentado no Paquistão contra xiitas

O ataque aconteceu no bairro de Safoora Goth, de acordo com a polícia e líderes da comunidade xiita

Karachi – Pelo menos 43 pessoas morreram nesta quarta-feira em um ataque contra um ônibus que transportava muçulmanos xiitas em Karachi, a principal cidade do sul do Paquistão.

O ataque aconteceu no bairro de Safoora Goth, de acordo com a polícia e líderes da comunidade xiita.

Um grupo de pelo menos seis homens armados abriu fogo contra um ônibus que transportava diversos membros da comunidade ismailita, uma corrente minoritária do islã xiita.

“Havia quase 60 passageiros no ônibus no momento do ataque. Os criminosos chegaram em três motos. Eles começaram com tiros contra o motorista. Quando o ônibus parou, eles abriram fogo contra os passageiros sem distinção”, disse Najeeb Ahmed Khan, comandante da polícia local.

“Os alvos do ataque eram ismailitas inocentes”, confirmou à AFP Ghulam Haider Jamali, chefe de polícia da província de Sind, que tem Karachi como capital.

Os atiradores usaram pistolas de 9 mm.

Nos últimos anos os ataques aumentaram contra esta minoria muçulmana, que representa 20% da população do Paquistão, um país de maioria sunita de quase 200 milhões de habitantes.

No fim de janeiro, um ataque em uma mesquita xiita onde era celebrada a oração tradicional de sexta-feira deixou mais de 60 mortos em Sind, uma pequena cidade do sul do país.

No início de 2013, dois atentados em bairros xiitas deixaram mais de 200 mortos em Quetta (sudoeste), os mais graves contra esta minoria na história do Paquistão.