Pedidos de refúgio de procedentes dos EUA dispararam no Canadá

Em janeiro, 452 pessoas chegadas dos EUA solicitaram refúgio no Québec, 230% a mais que em janeiro de 2016

Toronto – O número de pessoas procedentes dos Estados Unidos que estão pedindo refúgio no Canadá disparou nas últimas semanas e, só na província de Québec, a quantidade de pedidos aumentou 230% em janeiro, segundo dados divulgados nesta terça-feira.

A Agência de Serviços Fronteiriços do Canadá disse que, em janeiro, 452 pessoas chegadas dos Estados Unidos solicitaram refúgio no Québec, 230% a mais que em janeiro de 2016, informaram veículos de comunicação locais.

Em janeiro de 2014, 46 pessoas solicitaram refúgio em Québec, o mesmo número que em 2015.

Em todo Canadá, em janeiro, o número de solicitantes de refúgio procedentes dos Estados Unidos se situaria em torno de 1.000, segundo cálculos de grupos que trabalham com imigrantes e refugiados.

A província canadense de Québec se transformou no principal ponto de entrada dos solicitantes de refúgio por sua proximidade de grandes centros urbanos americanos, como Nova York e Washington.

Os analistas vincularam a multiplicação das solicitações de refúgio de pessoas que procedem dos Estados Unidos às políticas e declarações do novo presidente americano, Donald Trump, contra refugiados e imigrantes ilegais.