Patrimônio de Cristina Kirchner cresceu 27% em 2010

Segundo jornais argentinos, o número do patrimônio da governante aumentou para US$ 16,7 milhões

Buenos Aires – O patrimônio declarado pela presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, cresceu 27% em 2010, informou nesta quarta-feira a imprensa local.

O número do patrimônio da governante cresceu para 70,5 milhões de pesos (US$ 16,7 milhões), informaram os jornais “Clarín” e “La Nación”, de Buenos Aires.

A declaração patrimonial, apresentada diante do Escritório Anticorrupção, indica que o aumento se deve a rendimentos de depósitos bancários a prazo fixo e a variações nos valores das ações de empresas de propriedade da presidente e de seu marido, Néstor Kirchner.

O documento inclui a declaração de todos os bens do ex-presidente, que estão ainda em sucessão, após o falecimento de Kirchner, em outubro de 2010.