Pastor Brunson é solto e estará em casa em breve, diz Trump

Brunson foi hoje considerado culpado de apoio a organizações terroristas em solo turco

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comemorou em sua conta no Twitter a libertação do pastor americano Andrew Brunson, que estava na Turquia.

Brunson foi hoje considerado culpado de apoio a organizações terroristas em solo turco, mas o tribunal considerou que ele já havia cumprido a pena, libertando-o e liberando-o para viajar de volta para casa. “O pastor Brunson acaba de ser solto, estará em breve em casa!”, afirmou Trump.

Mais cedo, o presidente americano comentou que fazia orações pelo pastor, esperando que ele voltasse para casa em breve. Em mensagem anterior de hoje, Trump disse que vinha trabalhando duro no caso.