Passaporte de terrorista era de refugiado sírio, diz Grécia

Ainda não foi confirmado se o documento pertencia, de fato, ao atirador que participou dos atentados em Paris, na França, nesta sexta

São Paulo – O passaporte que foi encontrado com dos terroristas mortos nesta sexta-feira era de um refugiado sírio que entrou na Grécia no último dia 3 de outubro. Ainda não foi confirmado se o documento pertencia, de fato, ao atirador que participou dos atentados em Paris, na França, ontem. 

De acordo com o ministro adjunto grego para assuntos de polícia, Nikos Toskas, o dono do passaporte entrou na Grécia por meio da Ilha de Leros junto com outros 69 refugiados. As informações são do jornal Telegraph.

Mais informações em instantes.