Partido do governo russo vence eleições na Crimeia

O partido no poder na Rússia venceu as eleições regionais na Crimeia, península ucraniana anexada por Moscou em março

Moscou – O partido no poder na Rússia venceu as eleições regionais na Crimeia, península ucraniana anexada por Moscou em março, anunciaram nesta terça-feira as comissões eleitorais locais.

O partido do Kremlin, Rússia Unida, obteve 70 assentos de um total de 75 no Parlamento regional da Crimeia, com uma participação de 53,61%, segundo dados oficiais. Em Sebastopol, cidade com status federal, conquistou 22 de um total de 24.

O partido ultranacionalista LDPR, o único além do Rússia Unida a superar os 5%, conseguiu 5 assentos no Parlamento regional e 2 em Sebastopol.

Os habitantes da península, onde se encontra a base da frota russa do Mar Negro, votavam para eleger os deputados do Parlamento da Crimeia e de Sebastopol, e para designar os conselheiros municipais locais.

Os parlamentares elegerão posteriormente os governadores da região.

A Ucrânia condenou estas eleições, as primeiras realizadas na Crimeia desde sua anexação pela Rússia. Os Estados Unidos também afirmaram na segunda-feira que consideram que elas não têm legitimidade.

O primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, na liderança do Rússia Unida, comemorou o resultado desta votação que “demonstrou, para nós e para nossos vizinhos, que o poder na Rússia se baseia em procedimentos legais”.

A Rússia realizou no domingo eleições locais para eleger os governadores ou as assembleias locais de 84 regiões. Na imensa maioria dos casos venceram os candidatos apoiados pelo Kremlin.