Parlamento do Haiti aprova nome de primeiro-ministro

Lamothe, de 39 anos, foi ministro das Relações Exteriores do Haiti e é um dos nomes de confiança da equipe do presidente

Brasília – O presidente do Haiti, Michel Martelly, conseguiu ontem (3) à noite a aprovação do nome de Laurent Lamothe para ser o primeiro-ministro do país. A Câmara de Deputados aprovou o nome de Lamothe por 62 votos a favor, três contra e duas abtenções.

Desde março, Martelly espera a votação de sua indicação para primeiro-ministro. Lamothe, de 39 anos, foi ministro das Relações Exteriores do Haiti e é um dos nomes de confiança da equipe do presidente. Ele substitui Garry Conille, que ocupava o cargo no governo anterior.

País mais pobres das Américas, o Haiti sofre não só pelas dificuldades econômicas e financeiras, mas, sobretudo, pela instabilidade política e na área de segurança. O desafio de Martelly é controlar o poder e ter maioria no Parlamento.