Paris faz rodízio de carros pela terceira vez por poluição

Cidade já enfrentou rodízio semelhante em 1997 e, mais recentemente, em 17 de março de 2014

Paris – Só os carros com placas com final ímpar podem circular nesta segunda-feira em Paris, o terceiro rodízio de automóveis de sua história, decidido pelas autoridades diante dos elevados índices de poluição dos últimos dias.

Desde as 5h30 horas (1h30 em Brasília), uma centena de controles policiais vigiavam as ruas da capital francesa para que os veículos com placa par não circulassem, e 750 agentes foram deslocados para multar, em 22 euros, quem não respeitar a medida.

Paris já enfrentou rodízio semelhante em 1997 e, mais recentemente, em 17 de março de 2014.

A circulação alternada, que atinge Paris e as 22 localidades de sua região metropolitana, foi decidida ontem, após vários dias de tensão entre a prefeitura, que pedia para colocá-la em prática, e o Executivo, muito mais reticente.

Os veículos elétricos, híbridos, a gás ou que tiverem pelo menos três passageiros estão excluídos da medida, que teve como efeito secundário uma redução do número de engarrafamentos na cidade.

Paralelamente a prefeitura determinou que durante o dia de hoje os transportes públicos serão gratuitos, assim como os serviços municipais de aluguel de veículos elétricos e de bicicletas.

Os estacionamentos residenciais também não serão tarifados.

Embora a previsão é que os níveis de poluição caiam hoje, as autoridades só devem decidir se prolongam a medida até esta tarde.

Caso afirmativo, amanhã somente poderão rodar por Paris os carros com placa de final par.