Pará liderou desmatamento da Amazônia Legal em julho

Segundo o relatório, ao todo a região teve desmatamento de 139,5 quilômetros quadrados no período

São Paulo – Em julho deste ano, a Amazônia Legal teve desmatamento de 139,5 quilômetros quadrados, segundo o relatório do SAD – Sistema de Alerta de Desmatamento do Imazon – Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia. O total de desmate foi 50% maior do que o que houve em julho de 2011.

A maior do desmatamento ocorreu no estado do Pará (83%), principalmente no oeste, na área da BR 163. Em seguida estão Mato Grosso (10%), Rondônia (4%) e Amazonas (3%). A comparação entre o desmate entre agosto de 2010 e julho de 2011 e agosto de 2011 e julho de 2012 revela queda de 36%: naquele período foi de 1628 quilômetros quadrados, neste de 1047 quilômetros quadrados.

Mapa Imazon

Em relação à emissão de dióxido de carbono equivalente, o desmatamento detectado pelo SAD em julho equivaleu a 10 milhões de toneladas. De agosto de 2011 a julho de 2012 o total foi de 83,5 milhões de toneladas de CO2 equivalente. Houve redução de 14%.

O SAD monitorou 80% do território da Amazônia legal. O boletim na íntegra está disponível para download no site do Imazon.