Para Carvalho, Lupi têm respondido às denúncias

Para o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, o ministro do Trabalho deve continuar trabalhando na pasta

Brasília – O ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, evitou comentar as polêmicas em relação às declarações do ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Segundo Carvalho, Lupi tem respondido às denúncias e “ele (ministro) está bem”. “Para nós o importante é que ele siga trabalhando e com ele está tudo caminhando como em qualquer outro ministério”, afirmou. Questionado sobre novas denúncias publicadas hoje de que o ministério do Trabalho teria repassado dinheiro para uma ONG que está sendo investigada pela Polícia Federal, Carvalho disse que isso não muda a situação de Lupi. “Cada denúncia tem de ser verificada. Tem de ter bom sendo e o sentido democrático da defesa deve valer”, disse. “A nossa preocupação permanente, e por isso a presidente assinou dois decretos, é para que haja zelo pelo uso do recurso público”,ressaltou.

As declarações de Carvalho foram dadas no intervalo do seminário sobre marco regulatório das organizações da sociedade civil. Deste encontro, segundo o ministro, sairá em 90 dias uma proposta de regulação do setor para dar estabilidade à relação que permita o trabalho com tranquilidade nas organizações que são sérias e clareza no uso dos recursos públicos.

Segundo Carvalho os decretos de setembro e outubro assinados pela presidente Dilma têm como objetivo separar o joio do trigo. Ele ressaltou a importância dos trabalhos das ONGs, dizendo que o governo deve muito a elas “porque o trabalho de retirada da miséria de muitas famílias no País se deve a essas organizações”. “Não falamos de repressão e criminalização, mas na valorização do trabalho dessas instituições”, disse.