Para Bolívia, EUA preparam golpe de Estado na Venezuela

O presidente boliviano, Evo Morales, leal aliado de Caracas, criticou as declarações do porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, que pediu uma recontagem dos votos

O presidente boliviano, Evo Morales, denunciou nesta terça-feira que os Estados Unidos estão preparando um golpe de Estado na Venezuela, haja vista seus pedidos para que se realize uma auditoria sobre as eleições de domingo, depois do resultado apertado que deu a vitória a Nicolás Maduro.

Morales, leal aliado de Caracas, criticou as declarações do porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, que pediu uma recontagem dos votos, devido ao fato de Maduro obter, segundo a apuração final 50,66% dos votos, frente aos 48,97% do opositor Henrique Capriles.

“Estou convencido de que por trás dessas declarações, os Estados Unidos estão preparando um golpe de Estado na Venezuela”, afirmou o presidente boliviano em coletiva de imprensa.