Paquistão tenta resgatar vítimas sob os escombros de fábrica

O desmoronamento ocorreu na tarde de ontem e causou pelo menos 20 mortos e quase 100 feridos

As autoridades paquistanesas tentam resgatar cerca de 50 pessoas que permanecem sob os escombros de uma fábrica que desabou, na quarta-feira (4), no Leste do país.

O desmoronamento ocorreu na tarde de ontem e causou pelo menos 20 mortos e quase 100 feridos, segundo a agência de notícias EFE.

“Os trabalhos de resgate estão em curso, ainda que as esperanças estejam diminuindo, porque já não ouvimos ninguém gritando por ajuda, como ouvíamos durante a noite”, disse hoje à EFE um porta-voz do serviço de resgate de Lahore, Jam Sajjad, afirmando que, apesar disso, “é possível que alguns estejam vivos e inconscientes”.

Localizada em uma zona industrial a 30 quilômetros do centro de Lahore, a fábrica de sacos de plástico ocupava um edifício de três andares, que estavam passando por obras de reparação depois de danos provocados pelo terremoto há duas semanas.