Papa viajará à Argentina em 2016

O Papa Francisco viajará à Argentina em 2016 por ocasião dos 200 anos de independência do país

Cidade do Vaticano – O Papa Francisco viajará à Argentina em 2016 por ocasião dos 200 anos de independência do país, informaram nesta quarta-feira os dirigentes do clube de futebol San Lorenzo, o time do coração do pontífice, ao fim de uma audiência no Vaticano.

“Ele contou que em 2016 vai a Argentina para os 200 anos da independência”, afirmou Marcelo Tinelli, vice-presidente do clube, que apresentou ao papa a taça do título de campeão argentino conquistado pelo San Lorenzo no domingo.

O papa argentino deverá participar também no congresso eucarístico que acontecerá em Tucumán (norte), cidade onde foi declarada formalmente a independência da Espanha em 9 de julho de 1816.

O papa conversou por 35 minutos na Casa Santa Marta, onde mora, com a delegação do clube pouco antes da audiência pública de quarta-feira.

A delegação o presenteou com as luvas usadas pelo goleiro da equipe na última partida do campeonato.

“Vou colocar tudo em um museu”, afirmou Francisco aos jogadores, que devem retornar na sexta-feira a Argentina.

“Foi a mão, a mão de Francisco, a mão de Deus, que permitiu nossa vitória”, comentou Tinelli.

O pontífice presentou a delegação com a imagem da Virgem, que deve ser colocada no estádio, e recordou a infância, quando assistia em Buenos Aires as partidas do San Lorenzo, equipe fundada por religiosos.

Francisco, que tem grande popularidade no país, já havia advertido no avião que o transportou em julho do Brasil para a Itália que não poderia visitar seu país antes de 2016 pelos compromissos como chefe da Igreja Católica.