Papa sugere que é “melhor ser ateu do que católico hipócrita”

Desde sua eleição em 2013, Francisco tem dito a católicos, tanto padres quanto membros não ordenados, para praticarem o que a religião prega

Cidade do Vaticano — O papa Francisco criticou novamente alguns membros da sua própria Igreja nesta quinta-feira, sugerindo que é melhor ser ateu do que um dos “muitos” católicos que levam o que disse ser uma vida dupla e hipócrita.

Em comentários improvisados em sermão de missa privada matinal em sua residência, ele disse: “é um escândalo dizer uma coisa e fazer outra. Isto é uma vida dupla”.

“Existem aqueles que dizem ‘sou muito católico, sempre vou à missa, pertenço a isto e a esta associação”, disse o chefe da Igreja Católica Romana, que tem cerca de 1,2 bilhão de membros, de acordo com transcrição da Rádio Vaticano.

Ele disse que algumas dessas pessoas também devem dizer “minha vida não é cristã, eu não pago aos meus funcionários salários apropriados, eu exploro pessoas, eu faço negócios sujos, eu lavo dinheiro, (eu levo) uma vida dupla”.

“Há muitos católicos que são assim e eles causam escândalos”, disse. “Quantas vezes todos ouvimos pessoas dizerem ‘se esta pessoa é católica, é melhor ser ateu'”.

Desde sua eleição em 2013, Francisco disse frequentemente a católicos, tanto padres quanto membros não ordenados, para praticarem o que a religião prega.

Em seus frequentes sermões improvisados, ele já condenou abuso sexual de crianças por padres como sendo equivalente a uma “missa satânica”, disse que católicos na máfia se excomungam, e disse a seus próprios cardeais para não agirem como se fossem “príncipes”.

Em menos de dois meses após sua eleição, ele disse que os cristãos devem ver ateus como pessoas boas caso eles sejam boas pessoas.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Rui Ferreira

    “Quantas vezes todos ouvimos pessoas dizerem ‘se esta pessoa é católica, é melhor ser ateu”. Para mim parece mais uma crítica ao ateísmo. Do tipo, “alguém é tão imoral que não pode ser considerado católico, deve ser na verdade é ateu”.

  2. Carlos Razzano Torres Mattos

    a religiao catolica e uma religiao feita por grupos gei ,a mulher nao tein lugar pra eles por iso a pedofilia aumenta tanto en estes grupos de padres que so pode ter mulheres as escondidas .

  3. Marisa Van de Putte

    Eu acredito que o “exemplo vem de casa.” A igreja prega o arrependimento que em realidade e o conto do vigario.A definicao do arrependimento, de acordo com a igreja,e uma mudanca da mente ou uma ligeira melhora comportamental.Mudanca e melhora comportamental sao duas coisas bem diferentes.Quando voce se confessa e o vigario o manda rezar um pai nosso e pronto, foi absolvido ,vai comungar e “pode voltar para suas atividades sentindo-se no ceu.Esse e o grande pecado cometido pela igreja.Enquanto isso continuar a acontecer o “senhor papa”deve evitar de criticar seus fieis.

  4. Marina Gavanski Coelho

    Pedofilia não tem nada a ver com castidade, imbecil.

  5. Marina Gavanski Coelho

    Tá sabendo legal, com certeza deve ser católica, gênio.

  6. Lidiane Moreira

    É., certamente não. Frquenta.. Rss

  7. Luca Valsecchi

    O Papa Francisco quer colocar os  fiéis, sacerdotes e o clero na linha. Quando ele fala algo que agrada à todos ouvidos, muita gente elogia, mas quando não, ele é considerado, por esses que elogiam, como mais do mesmo. Lembre-se ele, como a Igreja, condenam o casamento homossexual, o aborto, o divórcio e por aí vai. Caso ele insista nesses assuntos mais vezes, sugiro que também o defendam!!!

  8. Marcelo Peixoto

    Marina, é dessa hipocrisia, de chamar alguém de imbecil, só porque tem a opinião contrária a sua, que o Papa tá falando. O Carlos em nenhum momento ofendeu ninguém, e você já veio com pedras pra cima dele. Tenho certeza que as pessoas de bem, coerentes e corretas da igreja católica, não aprovam essa sua atitude. Essa vai pra série “Não sou católico mas esse papa só fala as verdades”.

  9. Marcelo Peixoto

    A igreja católica prega o respeito e não a arrogância perante quem não é católico. Não sou católico, cresci em família católica, e pelo visto sei mais das principais lições da igreja, que vcs duas. Vivam aquilo que acreditam, essa é a paz de espírito. Pensar e falar uma coisa e depois fazer outra, chama-se hipocrisia e te afasta da Paz e do Amor!

  10. Marcelo Peixoto

    Marisa, acho que o Papa tem sim que criticar fieis e agir tbm, para que isso mude. Se ele acredita na vida que vive ele tem que lutar por essa crença. Ele é Papa, ele influencia, ele ensina, educa e deve fazer isso para o bem. Acho esse Papa a figura com poder na esfera religiosa ocidental, mais sensata que já vi. Esconder os defeitos de toda a igreja só o torna um hipócrita que ele mesmo disse que prefere longe da igreja.

  11. Jeffersoin Souza

    Ele não usou essa frase pra condenar o ateísmo, mesmo pq nem é de autoria dele.

  12. Ines Canavarro

    Marcelo Peixoto a meu ver ele ofendeu sim, começou por dizer que era religião feita por grupos gay, como se fosse insulto pertencer a algo gay. Ou não viu homofobia no comentário dele? E talvez o Carlos devesse olhar mais para o bem que a Igreja Católica faz, tal como criar hospitais, escolas e cuidados básicos em zonas do mundo como o Sudão ode mais nenhum ocidental ousa colocar os pés.

  13. Maria Angela Karez

    É preciso ter muito cuidado ao ler as notícias e não ficar preso apenas às manchetes!
    O Papa Francisco não disse que achava preferível ser ateu do que um católico…
    Realmente ele não disse isso! Ele disse: “Quantas vezes ouvimos dizer, nos bairros e outras partes: ‘Ser católico como aquele, melhor ser ateu’. O escândalo é isso. Destrói.”
    Ou seja, ele CITOU ESTA FRASE!!!!
    Mas não é dele!

  14. Geroldo Zanon

    O PAPA esta avisando para os PETISTAS