Papa recebe o presidente do Paraguai no Vaticano

O presidente paraguaio e uma comissão de 17 pessoas viajaram ao Vaticano para se reunir com o papa francisco

Cidade do Vaticano – O papa Francisco e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, conversaram nesta segunda-feira sobre a situação do país sul-americano, “com destaque para a ascensão social, o apoio à família, o combate à pobreza, à corrupção e ao tráfico de drogas” em um encontro no Vaticano.

O governante paraguaio se reuniu por 25 minutos com o pontífice “em um ambiente de cordialidade”, no qual expressou seu “apreço pelas boas relações existentes entre a Santa Sé e o Paraguai” e ressaltou “a importância dos valores cristãos na história e na vida do país”, segundo um comunicado divulgado pelo Vaticano. Os dois também falaram sobre temas de interesse comum nos âmbitos internacional e regional, de acordo com a nota.

Na visita ao Vaticano, Benítez ainda esteve com o secretário de Estado, Pietro Parolin, e com o secretário de Relações com os Estados, Paul Richard Gallagher.

No Twitter, o presidente do Paraguai disse que ficou emocionado com o encontro.

“Feliz com o encontro com Sua Santidade, o Papa Francisco! Seu amor pelo Paraguai, suas orações e apoio nos motivam a continuar trabalhando para o nosso povo!”, escreveu Benítez.

Em outra mensagem, o presidente paraguaio afirmou que mostrou ao papa os “projetos sociais” que estão sendo desenvolvidos no país e o plano para a construção de um oratório para a beata Chiquitunga, em La Costanera, em Assunção.

O presidente chegou ao Vaticano acompanhado por uma delegação de 17 pessoas, incluindo seus dois filhos, Mario e Santiago; a esposa, Silvana López Moreira; e o ministro de Relações Exteriores do Paraguai, Luis Alberto Castiglioni.

Benítez levou vários presentes para o pontífice, entre eles uma bandeja de chipas, um típico pãozinho de aipim; o livro “La flecha y la cruz: diálogo entre un santo y un cacique”, de Efraín Enriquéz Gamón; uma caixa de bombilhas de prata e um quadro que simbolizava a Sagrada Família cruzando um rio, momento em que ele lembrou ao papa que o Paraguai está vivendo um período de fortes inundações.

Ao final do encontro, o presidente paraguaio deu ao papa a pasta com o projeto do oratório e o convidou para uma segunda visita a seu país.

“Tomara que possa vir para a inauguração”, disse Benítez a Francisco, que esteve no Paraguai em julho de 2015.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s