Papa pede maneiras corajosas para ajudar as famílias

Declaração foi feita em um encontro de autoridades da Igreja de todo o mundo, que se reúnem por dois dias para discutir temas polêmicos para a doutrina católica

Cidade do Vaticano – O papa Francisco conclamou os cardeais católicos a buscarem “maneiras inteligentes e corajosas” para ajudar as famílias e que para isso façam uso do cuidado pastoral, que é “repleto de amor”.

A declaração foi feita em um encontro de autoridades da Igreja de todo o mundo, que se reúnem por dois dias para discutir temas polêmicos para a doutrina católica, como métodos de contracepção, divórcio e homossexualidade.

A reunião é tida como uma prévia do Sínodo dos Bispos sobre a Família, marcado para outubro deste ano e que terá como tema uma série de questões familiares.

Quando agendou o Sínodo, o Pontífice enviou um questionário para os bispos católicos que procurava saber como eles entendem e praticam a doutrina da Igreja sobre casamento, sexo e outras questões familiares.

Alguns bispos norte-americanos e europeus têm relatado seus resultados, dizendo que os ensinamentos básicos sobre moral sexual, controle de natalidade, homossexualidade, casamento e divórcio são tidos como irreais e ultrapassados pela grande maioria de seus fiéis.

Muitos fiéis e até mesmo alguns bispos pediram a Igreja para agilizar o processo de anulação de casamentos e que o Vaticano aceite que divorciados e recasados recebam a comunhão.

O cardeal alemão Walter Kasper, que pediu recentemente “mudanças e aberturas” no tratamento de católicos divorciados e recasados, proferiu o discurso de abertura do encontro. O Vaticano se recusou a divulgar o conteúdo do texto.

As autoridades ficam em Roma até sábado, quando participam da cerimônia de acolhimento formal dos novos cardeais nomeados por Francisco, que vai ocorrer no próximo sábado. Fonte: Associated Press.