Papa Francisco rezará o pai-nosso em guarani no Paraguai

Durante visita ao Paraguai, o pontífice rezará o pai-nosso em guarani, idioma oficial do Paraguai junto com o espanhol

Assunção – O papa Francisco rezará o pai-nosso no idioma guarani, oficial no Paraguai junto com o espanhol, durante a visita que fará ao país sul-americano entre os dias 10 e 12 de julho, informaram nesta sexta-feira responsáveis pela agenda do pontífice.

O irmão Mariosvaldo Florentino, membro da área de liturgia para a visita, disse em entrevista coletiva que se trata de uma proposta que partiu do Paraguai e que foi aceita pelo Vaticano.

Além disso, Florentino encorajou os fiéis a praticar o pai-nosso em guarani para poder acompanhar o papa quando entoar essa oração.

Francisco chegará ao aeroporto de Assunção procedente da Bolívia e será recebido pelo presidente do Paraguai, Horacio Cartes.

Depois se dirigirá ao Palácio de governo, onde terá um encontro privado com Cartes.

No dia seguinte se deslocará à cidade de Caacupé, a 55 quilômetros de Assunção, o mais importante centro de devoção mariana do Paraguai, onde percorrerá no papamóvel o trajeto até o santuário.

No último dia de sua viagem, em 12 de julho, Francisco deve celebrar uma missa no parque de Ñu Guazú, assim como fez João Paulo II, o primeiro papa que visitou o Paraguai em 1988.

O governo paraguaio calcula que um milhão de turistas estrangeiros chegarão ao país para ver o papa, com uma grande maioria de visitantes de países da região como Brasil, Argentina, Chile e Uruguai.