Papa Francisco destaca belezas e contrastes de Roma

"É uma cidade de turistas, mas também cheia de refugiados",disse

Cidade do Vaticano – O papa Francisco disse hoje, dia 31, que Roma “é uma cidade de uma beleza única”, mas que têm muitas “pessoas marcadas por misérias materiais e morais, pobrezas, infelicidades, pessoas que sofrem, que questionam a consciência de cada cidadão”.

“Todos têm direito de serem tratados com a mesma atitude receptiva e de igualdade”, concluiu. De acordo com ele, em Roma, “sentimos de maneira mais forte” o contraste entre o ambiente majestoso “e o desconforto social, dos que têm mais fadiga”.

Roma “é uma cidade repleta de turistas, mas também cheia de refugiados, está cheia de gente, mas também de pessoas que não encontram trabalho ou mantém trabalhos informais, às vezes indignos”, afirmou Jorge Mario Bergoglio.

Francisco chegou esta tarde à basílica de São Pedro para conduzir a solenidade de Maria Santíssima, mãe de Deus, que será seguida pelo ato “Te Deum”, um agradecimento a conclusão do ano.

Mais tarde, após a celebração na basílica, o Papa fará uma breve visita ao presépio instalado nas imediações do obelisco da praça São Pedro.