Papa aceita renúncia de cardeal acusado de acobertar abusos sexuais

O próprio bispo Wuerl anunciou em setembro que pretendia apresentar sua renúncia ao pontífice

A renúncia do cardeal americano Donald Wuerl a sua posição de arcebispo de Washington, depois de suspeita de acobertar casos de abusos sexuais por parte de padres pedófilos, foi aceita nesta sexta-feira pelo papa Francisco, de acordo com um comunicado da Santa Sé.

O próprio bispo Wuerl anunciou em setembro que pretendia apresentar sua renúncia ao pontífice.