Panetta pede mais esforços na luta contra a Al Qaeda

Segundo o secretário de Defesa americano, o país precisa intensificar os esforços nas frentes diplomáticas e de desenvolvimento para acabar com a rede terrorista

Washington – O secretário de Defesa, Leon Panetta, advertiu na terça-feira que os Estados Unidos precisam intensificar, e não reduzir, os esforços nas frentes diplomáticas e de desenvolvimento para acabar com a rede terrorista Al Qaeda.

Apesar dos golpes na Al Qaeda, incluindo a morte de seu líder, Osama bin Laden, “este não é um momento para a redução e o isolamento. É um momento para a renovação do compromisso e a ação conjunta”, disse Panetta no Centro para uma Nova Segurança Americana (CNAS), um centro de análise com sede em Washington.

A força militar não será suficiente para acabar com a ameaça do grupo terrorista, completou Panetta.

Os Estados Unidos devem “seguir envolvidos e investindo, por meio da diplomacia, no desenvolvimento, educação e comércio nestas regiões do mundo onde a violência extremista cresceu”, disse.