Palestinos pedem ajuda internacional contra colônias israelenses

Segundo o número dois da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Israel se sente encorajado pelo apoio demonstrado por Donald Trump

O número dois da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) pediu nesta terça-feira uma iniciativa internacional depois do anúncio por parte de Israel de que construirá 2.500 moradias em colônias situadas na Cisjordânia ocupada.

“A comunidade internacional deve exigir imediatamente uma prestação de contas de Israel”, afirmou Saeb Erakat.

Segundo ele, “Israel se sente encorajado pelo apoio demonstrado pelo presidente americano Donald Trump”.

Israel anunciou nesta terça-feira a construção de 2.500 alojamentos num assentamento na Cisjordânia ocupada, o maior anúncio do gênero há meses.

“O ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, e o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, decidiram aprovar a construção de 2.500 unidades habitacionais na Cisjordânia para atender as necessidades de habitação e da vida cotidiana”, anunciou um porta-voz do ministério da Defesa, quatro dias depois da posse de Trump.