Uso de armas químicas não pode ficar sem resposta, diz Otan

Secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, diz que a utilização de armas químicas é "inaceitável"

A utilização de armas químicas é “inaceitável” e “não pode ficar sem resposta”, afirmou o secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, após uma reunião de embaixadores da Aliança Atlântica sobre a situação na Síria.

“As informações disponíveis, procedentes de um grande número de fontes, designam o regime sírio como responsável pelo uso de armas químicas durante os ataques ocorridos perto de Damasco em 21 de agosto”, declarou Rasmussen.

“Os responsáveis deverão prestar contas”, completou.