Otan assumirá controle das operações na Líbia em 48 horas

Comandante da aliança confirmou que já começou a transição para assumir o controle das operações por água e ar

Bruxelas – Os bombardeios na Líbia permanecerão sob controle da coalizão internacional durante 48 horas e, depois do prazo, a Otan assumirá o comando efetivo das operações, informou a Aliança Atlântica.

“A transição será progressiva e levará dois dias”, declarou a porta-voz da Otan, Oana Lingescu, durante uma entrevista coletiva na sede da organização em Bruxelas.

Os 28 países da Otan decidiram no domingo assumir o comando da operação militar na Líbia, que era dirigida pelos Estados Unidos desde 19 de março.

O coronel de aviação Geoffroy Booth, membro do Estado-Maior militar internacional da Otan, afirmou que o general Charles Bouchard, que assumiu o comando das operações militares na Líbia em nome da Otan, ainda não assumiu ativamente o controle de todos os aspectos da missão.

Até o momento a Otan se limita a fazer respeitar a zona de exclusão aérea sobre a Líbia.

“Os ataques em terra continuam sendo no momento operações da coalizão”, acrescentou Booth.

A Otan também assumiu o controle do embargo naval para evitar o tráfico de armas e o envio de mercenários à Líbia.