Os 10 alimentos campeões em agrotóxicos

Análise da Anvisa mostra que 28% dos hortifrutis possuem níveis elevados de resíduos agrotóxicos; pimentão e morango lideram o ranking

São Paulo – O uso intensivo de defensivos agrícolas na produção de alimentos no Brasil tem gerado preocupações no âmbito da saúde pública. Pesquisa da Agência Nacional de Vigilância Sanitária divulgada nesta quarta encontrou níveis elevados de resíduos agrotóxicos em quase um terço (28%) das frutas, vegetais e hortaliças analisadas.

O pimentão, o morango e o pepino lideram o ranking dos alimentos com o maior número de amostras contaminadas, durante o ano de 2010, segundo o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos de Alimentos (Para). Mais de 90% das amostras de pimentão analisadas apresentaram problemas. É o terceiro ano consecutivo que o vegetal ocupa o primeiro posto.  (Conheça os 10 alimentos  mais contaminados na próxima página)

No caso do morango e do pepino, o percentual de amostras irregulares foi de 63% e 58%, respectivamente. Os dois problemas detectados foram teores de resíduos de agrotóxicos acima do permitido e o uso de defensivos não autorizados para estas culturas.

Em 2010, o Para monitorou o resíduo de agrotóxicos em 18 culturas. As amostras foram coletadas em 25 estados do país e no Distrito Federal. Apenas São Paulo não participou do programa em 2010.

Medidas simples ajudam a reduzir os vestígios do veneno

Comuns no prato de todo brasileiro, os alimentos campeões em agrotóxicos podem e devem receber uma atenção especial na hora do preparo. Algumas medidas simples ajudam a reduzir a presença de vestígios de pesticidas. Lavar e retirar a casca são opções para reduzir o agrotóxico que se acumula na superfície do alimento.


Mas é possível ir além. Segundo a Anvisa, o consumidor deve optar por produtos com origem identificada. Essa identificação aumenta o comprometimento dos produtores em relação à qualidade dos alimentos, com adoção de boas práticas agrícolas.

É importante, ainda, que a população escolha alimentos da época ou produzidos por métodos de produção integrada (que a princípio recebem carga menor de agrotóxicos). Alimentos orgânicos também são uma boa opção, pois não utilizam produtos químicos para serem produzidos.

Confira abaixo, os 10 alimentos campeões em agrotóxicos:

 Alimentos  % amostras reprovadas
 Pimentão   91,8%
 Morango  63,4 %
 Pepino  57,4%
 Alface  54,2%
 Cenoura  49,6%
 Abacaxi  32,8%
 Beterraba   32,6%
 Couve  31,9%
 Mamão  34,4%
 Tomate  16,3%